segunda-feira, abril 21, 2008

Revistas Antigas: Overall Skate Magazine #14 (1989)

Saudações amigos leitores do Skate é Cultura! Nada melhor do que um feriadão em plena segunda-feira para andar de skate. As ruas estão livres, o trânsito calmo e as pessoas de bom humor. Todas estas combinações de fatores propiciam intensas sessions regadas a várias manobras e risadas entre os amigos. Isto é SKATE!

Mas skate não é só ficar por aí "treinando" as manobras. "Treinar" é uma palavra muito inadequada para este nosso estilo de vida. Muito mais do que isto, a diversão é algo primordial. Mas nem só de skate vive um skatista. Receber informações sobre a história do querido carrinho é também de suma importância. Há um bom tempo não posto nenhuma resenha de revistas antigas. Então, para a alegria de todos, segue abaixo as principais informações da revista Overall, número 14, do ano 1989.

Overall Skate Magazine #14

Capa:
O lendário wave boy Bruno "Brown" em um pipe alucinante. Momento registrado!

Som: Resenha dos vários Lps lançados na época. Entre eles estão: T.S.O.L; Gun's & Roses; Devo; Sonic Youth; Inocentes e The Wailers Band. Sonzeira de primeira!

Entrevista: Wilson Seiji Suzuki, vulgo "Sallada" para os íntimos. Este skatista, que passou uma temporada no Japão aprendendo as técnicas de um sushiman e andando de skate, foi o enfocado desta edição. Na ocasião ele fala um pouco de sua descendência japonesa, sobre como começou a andar de skate, os planos futuros, o punk rock, o kung fu e várias outras coisas bem legais e curiosas, que deixam a entrevista interessante.

Campeonatos: Cobertura completa da 1° e 2° Etapa do Circuito UBS 89. A 1° Etapa aconteceu na Top Sport Skatepark, e quem se deu melhor no profissional foi o garoto prodígio Lincoln Ueda. Já no amador, a vitória ficou por conta de Artur Corrêa. Já na 2° Etapa foi realizada as modalidades street e freestyle, que reuniu grandes nomes da época, como Daniel Trigo, Cupim, Beto or Die, Fernandinho Batman, Lúcio Flávio, Miltinho, Toshiro e vários outros. Ou seja, a nata do skate 80's no Brasil.

Jogo de Búzios: Matéria especial feita por Fábio Bolota na pista de Búzios, no Rio de Janeiro. Vários skatistas paulistas invadiram a cena carioca para apresentar o que a cidade tem de melhor, como o lendário banks.

Overdose: Seção destinada a algumas fotos bem punks feitas pelos fotógrafos da revista, enfocando "a volta dos mortos vivos".

Alemanha: O correspondente Stefan Pleuger manda notícias diretamente do velho continente, relatando tudo o que rolava na cena skatista alemã. Este intercâmbio possibilitou uma intensa troca de informações entre o nosso país e o deles.

Câmera Lenta: Nesta seção, dois skatistas ensinam diferentes manobras em diferentes modalidades. Marcelo Folhinha representa o freestyle e Beto or Die o street, com um ollie to nose pick.

Dr. Skate: Aprenda mais sobre a importância da água na prática do skate e os cuidados que os skatistas devem ter para não desidratar.

Skate na TV: Entrevista com Cesinha Chaves, que falou um pouco sobre os 5 anos do programa Vibração, que era comandando por ele e passava na TV.

Gralha: Tudo o que rolava no universo do skate daquela época. Todas as novidades, as fofocas, os flagrantes e os respectivos gralhas de plantão.

Estas foram algumas das principais seções da revista Overall, que infelizmente foi extinta, deixando vários skatistas com saudade. Mas nem tudo está perdido. O Skate é Cultura veio para cumprir esta missão de resgatar o melhor da história do skate em nosso país. Por isto, fique sempre ligado aqui!

O que você achou desta revista? Deixe seus comentários logo abaixo ou na caixa de mensagens.

Fonte: Revista Overall. Número 14. 1989.

Por: Giancarlo Machado

6 comentários:

Anônimo disse...

Putz... que lembrança... kkkkk

É, a revista Overall era massa, nessa edição ainda não tinham as histórias do Overalldo???? alguém lembra daquele etezinho e seu famoso cachorrinho????? kkkk

Delmon "Splinter"

Rafael Bernardes disse...

Putz
Cara, essa capa do Bruno Brown ficou colada na parede uns 10 anos certo!
Nunca tive essa revista completa, já peguei toda retalhada e faltando páginas.
Uma coisa que observei, os sons daquela época são os mesmos até hoje, pelo menos pra mim.
Abraço.

Anônimo disse...

Massa, Rafael...

Tipo cê curte Suicidal Tendencies??? era obrigatório naquela época... hehehehe

Bom, eu escuto até hoje!!! Claro que evoluí né??? Mas o meu estilo "predileto" é e sempre será o Death Metal... putz!!!!

capaz????????

Delmon "Splinter"

Rafael Bernardes disse...

auehauheuaheuaheuaheua
Claro Splinter!
Suicidal é destruidor. Tem um disco só que não tem como ouvir o Freedumb Album Lyrics.
E outra, eu fiz ensaios numa banda de Black Metal faz uns 5 anos mas n me encaixei...muito difícil :D. Prefiro Dead Kenneds ;)
Me manda mail, vamos trocar sons Splinter.
mohshcarnissa@gmail.com
Abraço.

Anônimo disse...

ok.... Rafael...

Mas eu não curto Dead Kennedy´s... putz!!!! hahahahaahahaahaahha

Mas curto Extreme Noise Terror, Doom (banda de Grind!!!), Ânsia de Vômito, Subetera e Napalm Death....dentre milhões de outras...

Vou te mandar um mail depois.,....

Delmon "Splinter"

Anônimo disse...

I think that is among the such a lot vital information for me.
And i am glad reading your article. However should commentary on few normal issues, The web site taste is wonderful, the
articles is really nice : D. Excellent activity, cheers

my weblog :: help online with medical problems

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails